domingo, 3 de maio de 2009

Alienação social, lutar ou esquecer?

A vida está ameaçada pelo consumismo da população crescente, uma falta de estrutura mental e
intelectual dos governantes estam fazendo com que as novas mentalidades cresçam estragando,
destruindo, poluindo, matando, e continuando com as culturas inúteis do nosso país.

O desenvolvimento de projetos por ONG's de diversos países e do nosso país, tentam mostrar que os feitos sociais estão errados e que irá passar para as próximas gerações, se nós dessa geração
não fizermos nada isso vai explodir, é claro que muitos fazem. Essas ONG's, tentam passar a melhor informação para a população, mas quando vamos fazer nossa parte tentando mudar o mundo tentando
mudar essa cultura fútil, aparecem pessoas dizendo que o que fazemos é errado, e que estamos
perdendo nosso tempo, ao invés de estarmos protestando, deveriamos estar dentro de um escritório
ou de uma dessas empresas que escravizam o vosso povo.

As forças capitalistas martelaram tanto em vossas cabeças que quando você tenta mudar o que
está errado, as pessoas fazem questão de nos mostrar o quanto a falta de luta e força
fora esquecida por tantas cabeças sem valores.

Quando na ditarua militar eles lutavam para tirar do poder os partidos que comandavam na época, e para acabar com a falta de democrácia, hoje ninguém mais faz nada, sim tiraram o Collor do poder
no impeachment a 18 anos atrás, essa foi a última grande mobilização nacional, desde então
ninguém mais fez nada para tirar alguém do poder ou pelomenos mostrar que o povo está vivo
e ligados no que eles fazem, mas o que vemos? uma sociedade de pessoas burras analfabetas sem
caráter algum, e é isso que eles querem que nós os "burros" continuamos burros.

Não da pra viver em conto de fadas, o mundo grita, clama por ajuda e ninguém escuta e se escutam
não fazem nada por que não conseguem sair e dizer que está errado o que os outros
cultuam pensando ser certo quando tudo está errado.

As vezes nós ATIVISTAS não conseguimos sequer berrar a favor dos nossos animais e dos nossos ideias, mas temos exércitos e eles nos dão forças então erguemos a cabeça e partimos para mais um dia de batalhas contra essa desmoralidade mental dessa geração.


Egon Henrique

1 comentários:

Fabiana Farias disse...

Pois é! E no dia 1º de maio, enquanto o mundo protesta, os brasileiros comemoram. Comemoram o quê? Mais um, entre tantos feriados inúteis?
O povo não se indigna com nada, aceita tudo de cabeça baixa. Aceita até um presidente que não vê problema em pagar passagens as esposas dos deputados com o "nosso" dinheiro.
"Ele não é o melhor presidente, mas já teve piores" ou "é melhor um corrupto que faz do que um que não faz". Estou cansada de ouvir isso, embora eu também ache difícil achar um político honesto.